S.O.S Pinho Sol ®

Mantendo o ambiente de seu pet sempre limpo do jeito certo

 

Manter a casa sempre limpa e cheirosa quando se tem animais domésticos pode ser um desafio para alguns, mas não precisa ser um bicho de sete cabeças. Uma boa rotina de limpeza e contar com os produtos adequados para essa tarefa vão garantir que não haja acúmulo de sujeira, que, além de tudo, pode causar doenças a seu bichinho.

Pulgas e carrapatos adoram cantinhos sujos, especialmente aqueles vão entre tacos de madeira, enquanto muita poeira e ácaros podem causar problemas como alergias de pele e transtornos respiratórios em gatos e cachorros mais sensíveis. Então separamos algumas dicas para manter o ambiente de seu pet sempre limpo, do jeito certo!

Escolhendo os produtos de limpeza

Recomenda-se higienizar com produtos específicos os ambientes em que o animal tem acesso pelo menos uma vez por semana, mas casas onde vivem grupos com uma maior quantidade de pets precisam de uma limpeza mais frequente.

Para desinfetar o ambiente de seu pet da melhor maneira, o ideal é contar com produtos de eficácia comprovada, como o Pinho Sol, e manter o bichinho afastado da área enquanto estiver sendo feita a limpeza. Depois que o piso secar, o pet pode voltar ao local com segurança.

Além da limpeza cotidiana dos ambientes, também é importante se programar para uma higienização mais intensa nas casinhas e caminhas em que o pet dorme. Essa limpeza pode ser feita mensalmente, também com produtos adequados para essa função. Na dúvida, entre em contato com o fabricante do produto para saber se seu uso é seguro para seu gatinho ou cachorrinho.

Comedouros e bebedouros sempre limpos

Os potinhos onde seu pet se alimenta também precisam ser higienizados com frequência, não somente para não arriscar que essas peças fiquem com um mau cheiro ao longo dos dias, como também para prevenir problemas de saúde no pet.

Quem prefere as rações secas pode lavar os comedouros uma vez por semana, usando sempre uma esponja exclusiva, que somente é utilizada para os potinhos do seu animal. Já ao oferecer alimentos úmidos, como patês e sachês, ou comida natural, a higienização deve ser diária, sempre limpando os potes assim que o animal terminar de se alimentar.

Tecidos merecem atenção

Tecidos, como cobertores, paninhos e almofadas que seu pet utilize, merecem uma atenção à parte. É preciso lavá-los em água quente para eliminar o máximo possível de bactérias, e essa higienização deve ser feita semanalmente, ou, pelo menos, a cada quinze dias. Caso o ambiente tenha pulgas, o cuidado com tecidos deve ser redobrado – afinal, esses insetos se prendem aos tecidos tanto quanto nos pêlos dos peludinhos.

Relacionados

  • Como manter o quintal sempre em ordem
    Saiba mais
  • A limpeza do seu banheiro sempre em dia
    Saiba mais
  • Descubra como organizar (e manter organizada) sua cozinha pequena
    Saiba mais